"Não ande atrás de mim, talvez eu não saiba liderar. Não ande na minha frente, talvez eu não queira seguí-lo. Ande ao meu lado, para podermos caminhar juntos."

Voltei!!

A crise aguda passou, que ótimo, só que não significa que estou livre de sentir dor, estou na fase boa, com dor e poucas limitações. Novamente perdi minha capacidade de força muscular, não consigo nem permanecer muito tempo na posição de prancha, rsrsrs, e quando digo muito tempo é tipo mais de 20 segundos. Você ter limitação é que me deixa deprimida.

pranchaTerei que recomeçar meus treinos na fase inicial, com uma carga menor, e ir vivendo um dia após o outro até a próxima crise. Confesso, moro na região sudeste do Brasil e já estou com medo do Inverno. Essa balança diária me deixa muito ansiosa, é fácil para você dizer, não encuca, mas não sai da minha cabeça a expectativa da próxima crise. Como eu tinha dito anteriormente nessa crise, eu sucumbi, não consegui sair de casa, achei que tudo era da minha cabeça, tomei a medicação regular, mais relaxante muscular, remédio para dor, e infelizmente apelei para o anti-inflamatório, não resolveu nada, a crise durou o tempo que devia durar e deixou seus rastros, pontos doloridos e falta de força muscular.

Poxa vida, eu li um depoimento essa semana que aumentou ainda mais minhas preocupações, a pessoa tinha o diagnóstico de fibromialgia à sete anos, e era refém da medicação, incluindo o anti-inflamatório, e após esse uso prolongado ela perdeu a função dos dois rins, fiquei apavorada, não vou tomar mais esse tipo de medicação, eu sabia que não faria efeito, conheço os riscos, mas eu tinha a esperança que fosse lesão, agora eu sei que não adianta mesmo!! É que nessas horas bate um desespero.

Amigos, Fibromialgia ainda não tem cura, não adianta, não insista, melhore a qualidade de vida, eliminando principalmente o álcool e o açucar, que são muito inflamatórios para nosso corpo.

Jura!!! Mais uma latinha de cerveja ou dose de vinho me relaxam tanto ao final da tarde. Ok, continue, vá com moderação, mais um lembrete, qualquer que seja a medicação que esteja tomando, ela não combina com o álcool.

Anúncios

Comentários em: "Fibromialgia, episódio 4" (1)

  1. 💗💗💗

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: