"Não ande atrás de mim, talvez eu não saiba liderar. Não ande na minha frente, talvez eu não queira seguí-lo. Ande ao meu lado, para podermos caminhar juntos."

Eu não estou querendo ensinar ninguém sobre a Fibromialgia, não sou médica e não tenho a capacidade para fazer um diagnóstico, sou uma pessoa comum que foi diagnosticada com essa doença.

Na fase de exames, minha Reumatologista me deu algumas dicas que se não me ajudaram com as crises, evitaram que eu agravasse meu quadro.

Água

Aumente o consumo de água, mas quando se diz água, é água mesmo, não é suco, refrigerante ou bebidas alcóolicas. Mesmo que não tenha sede, beba água. E fica uma dica, nada dessas garrafinhas em que você repõe a água o dia todo,  melhor copos ou  xícaras. Se você tem que usar as garrafinhas, que elas sejam lavadas e higienizadas todos os dias, lavar com água e sabão, passar na água quente e se tiver aquelas tampas cheias de curvinhas, deixem de molho em uma mistura de água sanitária. enxaguem e está pronta para o uso. Tem até uma pesquisa onde testaram, e de todas as testadas, todas estavam contaminadas. Aqui para ver a matéria das garrafinhas.

Suco

Prefira os naturais, esqueça aqueles artificiais, principalmente os de pó, tem muito corante, adoçante ou açúcar, escolha frutas da época e da sua região, prefira os que não precisam ser adoçados, mas se precisar tente diminuir o açúcar aos poucos.

Bebidas alcoólicas

Esse foi o mais fácil, já faz 15 meses que não consumo bebida alcoólica, pensei que seria mais difícil, pois o vinho era uma paixão, troquei por aqueles sucos de uva integral.

Refrigerante

Foi fácil, já a muito que essa bebida não faz parte de minha rotina.

Chás

Um chá no final da tarde para relaxar é bom, mas não como opção para hidratação, alguns são estimulantes ou diuréticos.

Café

Minha nova paixão, descobri um prazer incrível com cafés especiais, grãos arábicos,  mas atenção somente uma xícara ou duas, antes do meio-dia. Para não atrapalhar o sono.

Açúcar

Esse é o meu grande problema, não consigo tirar ele da minha dieta, pois eu fico muito ansiosa com a dor e algumas vezes fico muito deprimida, e o chocolate e o  açúcar acabam por ser companheiras nessa fase, ainda está sendo uma luta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: