"Não ande atrás de mim, talvez eu não saiba liderar. Não ande na minha frente, talvez eu não queira seguí-lo. Ande ao meu lado, para podermos caminhar juntos."

Bom na última crise aguda, senti  muitas dores no peito, lado esquerdo do corpo, o que tornava doloroso respirar profundamente e gargalhar. A princípio achei que seria um problema cardíaco, então marquei um checkup anual e acrescentei uma consulta com Neurologista para que ele aplacasse as dúvidas para meu marido sobre essa doença misteriosa.

No cardiologista a minha intenção além dos exames habituais, como sangue, eletrocardiograma de repouso e de esforço, ele fizesse o ecocardiograma, para ver se estava tudo ok lá dentro, queria saber se a minha estrutura cardíaca estava preservada, pois a dor que tinha sentido era intensa. Prestem atenção não sou médica, enfermeira, não pretendo guiar, pretendo apenas mostrar meu caminho.

Checkup anual ok. Carinha de felicidade. Eletro não mostrou nenhuma alteração, teste esforço, que é aquele que você corre em uma esteira que vai inclinando ao infinito, com um monte de fios ligado em seu peito, também não mostrou nenhuma alteração, pressão ok, ecocardiograma, tudo no lugar e batendo ou bombeando da maneira como devia ser, tudo ok. Como havia imaginado a dor insuportável era fibromialgia e não um ataque cardíaco. Com a rotina de exames que tenho feito, sei que não tenho anemia, infecção de urina ou sangue ou qualquer outra coisa, não tenho vermes, sorologias negativas para um monte de coisas que não sei descrever, então tudo ok.

Agora a consulta com o Neurologista, fui com meu marido, a consulta era mais pra ele de que para mim. Eu sentei, levei todos os meus últimos exames, ele só estranhou a falta de um, curva glicêmica, que poderia indicar um problema de metabolismo que poderia ser causa das dores. Meu marido fez infinitas perguntas, sobre stress, ansiedade, hormônios, falou de suas próprias ansiedades, e nenhuma se aplicava a mim.

Para mim, ficou sobre minhas atividades diárias, qualidade de sono. Aqui serve uma explicação mais detalhada, eu adoro dormir, uma boa noite de sono tem 8 horas e pronto, sem interrupções. Mas ultimamente são entre 5 e 6 horas, com uma quebra no meio, normalmente a primeira parte do sono é boa,  mas ao amanhecer, ao me levantar sinto que corri uma maratona, aumentando minha indisposição, mas sigo firme na rotina.

Então saímos do consultório, com pedido de uma curva glicêmica, e muitas respostas esclarecidas para meu marido, ou seja, não se sabe o que causa, de onde vem, se tem cura, e porque eu? Porque eu? Porque aparentemente, eu não tenho nada! Desafio qualquer um a passar 5 minutos em meu corpo na hora da crise, essa frase não é minha é da cantora, premiada Lady Gaga, que também sofre do mesmo problema, e apesar de todos os recursos, sofre com a mesma incompreensão.

Fiz o exame, e para quem sabe, essa curva é um exame chato. Foi curva glicêmica de 2 horas, ou seja, você faz um exame em jejum, depois toma um liquido muito esquisito e doce, faz outro exame, e depois outros de 30 em 30 minutos até completar duas horas.

Voltei ao Neurologista, o exame não mostrou nenhuma alteração, segundo o médico, não sofro de nenhuma alteração, não tenho diabetes e jamais terei, que afirmação forte. Mas tudo  ok. Então para aliviar a ansiedade causada pela dor, ele me prescreveu uma medicação para dormir, funcionou como uma maravilhava, por 3 dias, noites inteiras de sono, e dias mais leves, com pouco desconforto, mas já faz alguns dias que o ritmo do sono voltou, tomo o remédio, durmo, depois de umas 4 horas acordo, fico um tempão, depois durmo mais um pouco, acordo cansada.

O que eu faço durante a insônia? Fico na cama, quietinha, até conseguir dormir novamente, escuto todo o som ambiente, até o mais distantes. O que fico pensando? nada sério me aflige à noite, essa noite por exemplo, ficou martelando como vai ser o fim da  série  #GOT. Brincadeiras à parte, vamos caminhando.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: