"Não ande atrás de mim, talvez eu não saiba liderar. Não ande na minha frente, talvez eu não queira seguí-lo. Ande ao meu lado, para podermos caminhar juntos."

Ser criança não significa ter infância. Uma reflexão sobre o que é ser criança no mundo contemporâneo. O filme mostra a questão dos contrastes existentes em situações sociais diferenciadas que se cruzam num ponto comum: crianças vivendo como adultos.

No documentário: “A invenção da infância” é vital para analisarmos onde a infância se perdeu, onde, em que ponto transformou nossos filhos em pequenos adultos, submetendo eles a uma rotina diária e cheia de responsabilidades, ou por necessidade, quanto mais filhos mais ajudantes ou por status em um circulo vicioso do capitalismo. Quando investir em educação passou a ser submetê-los a doses diárias de novelas, liquefazendo ou distorcendo a realidade de mentes tão jovens?

As crianças do filme, independente da classe econômica mostraram um adestramento incrível em assumir responsabilidades, e seu semblante mostrou a tragédia de não poder brincar, sem ter que contar o tempo.

Assista na integra.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: