"Não ande atrás de mim, talvez eu não saiba liderar. Não ande na minha frente, talvez eu não queira seguí-lo. Ande ao meu lado, para podermos caminhar juntos."

O rabino Zvi Tau, de Israel, escreveu que a mulher não deve ser escolarizada demais, receber educação formal, para não “prejudicar a qualidade de vida da nação”. 

Zvi Tau disse que deus decidiu
que mulher tem de ficar em casa

Para ele, deus determinou que o “habitat natural” da mulher é dentro de casa, onde ela pode expressar “as suas qualidades especiais e viver sua vida plenamente”. 

Não se trata de um rabino qualquer. Ele é um dos principais mentores do nacionalismo religioso, cujas interpretações do Torah estão próximas das dos judeus ultraortodoxos. 

As afirmações constam em um documento de circulação interna que vazou para o jornal Haaretz. 

Ele argumentou que as mulheres não são discriminadas e o que ocorre é que o espaço dela é outro em relação ao dos homens, de acordo com a vontade divina. 

Afirmou que as mulheres, por serem mais emocionais, devem ficar longe das “profundezas da ciência e da moralidade”, dedicando-se a dar à luz e criar os filhos. “É a vocação dela.”

Fonte: Jornal de Notícias, diHITT  por Paulo Lopes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: