"Não ande atrás de mim, talvez eu não saiba liderar. Não ande na minha frente, talvez eu não queira seguí-lo. Ande ao meu lado, para podermos caminhar juntos."

Assista on line ao documentário que denuncia o processo de genocídio contra o povo indígena Guarani Kaiowá

Foi lançado nesta terça-feira (21) uma versão HD para internet do documentário que denuncia o processo de genocídio dos Guarani Kaiowá. “À Sombra de um Delírio Verde” mostra a triste situação do povo indígena com a maior população no Brasil que trava, quase silenciosamente, uma luta desigual pela reconquista de seu território contra as transnacionais do agronegócio. Trata-se de uma produção independente (assinada por produtores da Argentina, Bélgica e Brasil) que procura expor em 29 minutos as sistemáticas violências vividas por este povo.

À Sombra de um Delírio Verde from Mídia Livre on Vimeo.

Contexto atual

Na última sexta-feira (dia 18) um grupo de pistoleiros fortemente armados promoveram no acampamento Tekoha Guaiviry, município de Amambaí, Mato Grosso do Sul, um forte ataque uma ataque conta a comunidade Guarani Kaiowá. O massacre teve como alvo o cacique Nísio Gomes, 59 anos, executado à tiros. Depois de morto, o corpo do indígena foi levado pelos pistoleiros – prática vista em outros crimes cometidos contra os Guarani Kaiowá no Mato Grosso do Sul. Além da morte de Nísio, dois adolescentes e uma criança permanecem desaparecidos.

Infelizmente, devido à impunidade de seus autores, há décadas esta prática já se tornou comum no estado do Mato Grosso do Sul, como pode ser comprovado no documentário “À Sombra de um Delírio Verde”. Este é o segundo massacre com as mesmas características promovido somente este ano.

A situação de violência contra os Guarani Kaiowá os coloca em relatórios de organismos internacionais como uma das piores situações vividas por um povo indígena no mundo.

“A ONG Anistia Internacional disse que o caso é “chocante” e criticou a lentidão das autoridades no processo de demarcação de terras na região”, destacou a agência inglesa BBC.

“Para o vice-presidente do Conselho dos Direitos da Pessoa Humana, Percílio de Souza Lima neto, a morte do cacique foi uma tragédia anunciada”.

 Sinopse

Na região Sul do Mato Grosso do Sul, fronteira com Paraguai, o povo indígena com a maior população no Brasil trava, quase silenciosamente, uma luta desigual pela reconquista de seu território.

Expulsos pelo contínuo processo de colonização, mais de 40 mil Guarani Kaiowá vivem hoje em menos de 1% de seu território original. Sobre suas terras encontram-se milhares de hectares de cana-de-açúcar plantados por multinacionais que, juntamente com governantes, apresentam o etanol para o mundo como o combustível “limpo” e ecologicamente correto.

Sem terra e sem floresta, os Guarani Kaiowá convivem há anos com uma epidemia de desnutrição que atinge suas crianças. Sem alternativas de subsistência, adultos e adolescentes são explorados nos canaviais em exaustivas jornadas de trabalho. Na linha de produção do combustível limpo são constantes as autuações feitas pelo Ministério Público do Trabalho que encontram nas usinas trabalho infantil e trabalho escravo.

Em meio ao delírio da febre do ouro verde (como é chamada a cana-de-açúcar), as lideranças indígenas que enfrentam o poder que se impõe muitas vezes encontram como destino a morte encomendada por fazendeiros.

Notas sobre o filme

“À Sombra de um Delírio Verde” (The Dark Side of Green) é uma produção independente realizada sem recursos públicos, de empresas ou do terceiro setor. Trabalharam de forma associada a repórter televisiva belga An Baccaert, o jornalista Cristiano Navarro e o repórter cinematográfico argentino Nicolas Muñoz.

O filme começou a ser rodado nas aldeias da região sul do Mato Grosso do Sul, em abril de 2008, e contou com apoio logístico da Associação de Professores Guarani Kaiowá, do Cimi e da Foodfirst Information & Action Network (Fian international). Sua finalização, feita de maneira “quase artesanal”, foi concluída em janeiro de 2011.

A maior parte das informações apuradas nas comunidades, com órgãos públicos e com associações de produtores rurais fazem parte dos trabalhos de investigação que Navarro desenvolve desde 2002 junto ao Cimi.

Sete músicas de fundo foram compostas especialmente para o documentário por Thomas Leonhardt. O grupo de hip-hop Bro’w, que canta a música No Yankee, é formado por jovens Guarani Kaiowá de comunidades das aldeias de Dourados, Mato Grosso do Sul.

A narração do documentário em português foi feita pela cantora sambista Fabiana Cozza. O documentário também possui narrações em espanhol, francês, inglês, alemão e holandês.

Mais do que um simples produto audiovisual, os realizadores do filme têm como expectativa utilizar o documentário para fazer uma denúncia internacional sobre a grave situação em que vive o povo Guarani Kaiowá, apoiando assim a sua luta pela reconquista de seu território tradicional.

Ficha técnica:

Título Original: À Sombra de um Delírio Verde Documentário (The Dark Side of Green)

Gênero: Documentário

Produção: Argentina, Bélgica, Brasil

Tempo de Duração: 29 min

Ano de Lançamento: 2011

Direção, produção e roteiro: An Baccaert, Cristiano Navarro e Nicolas Muñoz

Narração em Português: Fabiana Cozza

Música composta por Thomas Leonhardt

Festivais

5º Festival de Cinema da Floresta (sem patrocínio da Petrobras ou BNDES)

23º Festival Cinémas d’Amérique Latine 2011, Tolouse, France

Comentários em: "À Sombra de um Delírio Verde" (25)

  1. This particular post has been really properly written, you’ll take pride in includes numerous beneficial facts. I appreciated your expert way of writing this submit. You have made it very easy for me to comprehend.

  2. Typically I would not publish on weblogs, however i would choose to point out that this post truly compelled myself to accomplish this. Really nice post!

  3. Awesome post ! Appreciate your, publishing in my webpage man! I will information an individual a little while. I didnt understand which.

  4. Thanks for investing in this opportunity to discuss this, I feel firmly about this and i also take pleasure in researching this particular matter. If you can, because you obtain facts, make sure you add to this weblog together with brand new details. I discovered that extremely helpful.

  5. Generally I do not post about weblogs, however i would want to state that this particular post truly pressured myself to take action. Very nice post!

  6. Awesome post ! Appreciate your, posting on my website man! I am going to message a person a long time. I did not understand which.

  7. Someone necessarily lend a hand to make seriously articles I would state. That is the very first time I frequented your website page and so far? I amazed with the research you made to make this actual publish amazing. Excellent process!

  8. This is a excellent internet site. Good polished interface and intensely useful posts. We are finding its way back inside a little bit, thanks for the great weblog.

  9. If you can information me personally with any kind of suggestions regarding how you made this website website appear this kind of good, I would have fun here.

  10. Great publish ! Appreciate your, posting in this little webpage gentleman! I’ll message you time. I didnrrrt understand that.

  11. I simply want to say I am just beginner to blogs and truly loved this web page. Most likely I’m likely to bookmark your site . You actually come with exceptional articles and reviews. Thanks for revealing your web page.

  12. I simply want to mention I am very new to weblog and absolutely liked your blog. Most likely I’m want to bookmark your website . You actually come with great articles. With thanks for revealing your webpage.

  13. Magnificent beat ! I wish to apprentice while you amend your web site, how can i subscribe for a blog web site? The account helped me a acceptable deal. I had been a little bit acquainted of this your broadcast offered bright clear idea

  14. Once I initially commented I clicked the -Notify me when new feedback are added- checkbox and now each time a comment is added I get 4 emails with the identical comment. Is there any method you can take away me from that service? Thanks!

  15. I’m still learning from you, but I’m improving myself. I absolutely love reading everything that is written on your site.Keep the information coming. I enjoyed it!

  16. There are actually a variety of details like that to take into consideration. That is a great level to convey up. I provide the ideas above as basic inspiration however clearly there are questions just like the one you deliver up the place the most important factor might be working in trustworthy good faith. I don?t know if best practices have emerged around issues like that, however I’m certain that your job is clearly recognized as a good game. Both boys and girls feel the influence of only a second’s pleasure, for the rest of their lives.

  17. Today, while I was at work, my sister stole my apple ipad and tried to see if it can survive a twenty five foot drop, just so she can be a youtube sensation. My apple ipad is now broken and she has 83 views. I know this is completely off topic but I had to share it with someone!

  18. preserve up the wonderful function about the web page. I love it. Could use some extra frequent updates, but i am sure you might have acquired far more or better things to do like we all should do unfortunately.😉

  19. Excellent post. I was checking constantly this blog and I am impressed! Very useful info specially the last part🙂 I care for such information much. I was looking for this certain info for a long time. Thank you and best of luck.

  20. I not to mention my friends appeared to be analyzing the good thoughts found on the blog and so then got an awful suspicion I never thanked the web blog owner for those tips. Most of the young men had been for that reason glad to learn them and have in effect surely been having fun with these things. Thank you for turning out to be really accommodating as well as for finding varieties of incredible themes most people are really wanting to understand about. Our sincere apologies for not expressing appreciation to you sooner.

  21. Thank you a lot for providing individuals with a very wonderful opportunity to read critical reviews from this web site. It is often so great and also jam-packed with a lot of fun for me personally and my office acquaintances to visit your web site not less than three times in 7 days to read through the newest tips you have. And of course, I’m so certainly amazed concerning the dazzling pointers you give. Certain two areas in this posting are indeed the best I’ve ever had.

  22. I drop a comment when I like a article on a site or I have something to valuable to contribute to the conversation. Usually it is a result of the fire displayed in the article I read. And on this article ГЂ Sombra de um DelГ­rio Verde CГЎssia Filetti. I was excited enough to drop a thought😛 I actually do have 2 questions for you if it’s okay. Could it be simply me or do a few of these comments come across as if they are written by brain dead individuals?😛 And, if you are writing at other online sites, I’d like to follow you. Could you list every one of your public pages like your linkedin profile, Facebook page or twitter feed?

  23. That is really fascinating, You are an overly professional blogger. I have joined your feed and look ahead to in the hunt for extra of your magnificent post. Also, I’ve shared your website in my social networks!

  24. Thanks for the good writeup. It in fact used to be a entertainment account it. Glance complicated to far added agreeable from you! However, how could we be in contact?

  25. Just wanna state that this is very beneficial , Thanks for taking your time to write this. “The cost of living is going up and the chance of living is going down.” by Flip Wilson.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: