"Não ande atrás de mim, talvez eu não saiba liderar. Não ande na minha frente, talvez eu não queira seguí-lo. Ande ao meu lado, para podermos caminhar juntos."

Artigo 384 da CLT prevê o benefício somente para as funcionárias

Entenda seus direitos sobre Horas Extras

Entenda seus direitos sobre Horas Extras.

A 5ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) determinou que o Unibanco pague pelo não cumprimento do intervalo de 15 minutos de descanso antes do início da hora extra de uma ex-empregada. A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) prevê o benefício às mulheres. “Em caso de prorrogação do horário normal, será obrigatório um descanso de 15 minutos no mínimo, antes do início do período extraordinário do trabalho”, diz o artigo 348, que faz parte do capítulo de Proteção ao Trabalho da Mulher.

A ação contra o banco foi iniciada em 2006, quando ainda não havia ocorrido a fusão com o Itaú. A decisão foi divulgada pela assessoria de imprensa do TST no último dia 17, mas ainda não foi publicada. O Itaú diz que não vai comentar o caso.

Especialistas em direito divergem sobre o tema. Para o juiz do trabalho Marcelo Segal, do Rio de Janeiro, o artigo contraria a norma constitucional porque faz distinção entre homens e mulheres. Ele diz que o tema é polêmico e não há consenso entre os tribunais. Segal considera o benefício um retrocesso, principalmente em um momento em que as mulheres estão cada vez mais conquistando espaço no mercado de trabalho e lutam por direitos iguais em relação aos homens.

“A igualdade deve ser em todos os aspectos e, em vez de ajudar e proteger, pode servir para que a mulher seja preterida no emprego. Maus empregadores pensarão que o risco de tê-la como empregada é maior pela possibilidade de ela reivindicar a pausa – normalmente não observada pelas empresas – como hora extra. E se a chefe é a mulher e os subordinados são homens, eles iniciarão o trabalho enquanto ela descansa?”, diz.

Para TST, regra ainda vale

A ministra Kátia Magalhães Arruda, do TST, explicou que existiam dúvidas quanto à validade da norma da CLT após a Constituição de 1988, que consagrou a igualdade de direitos e obrigações entre homens e mulheres (artigo 5º, inciso I). Mas disse que a questão foi resolvida na sessão do Tribunal Pleno do TST em novembro de 2008, quando se concluiu que a regra da CLT não perdeu a validade com a nova Constituição.

Os ministros decidiram, na época, que o artigo está inserido no capítulo que cuida da proteção ao trabalho da mulher e possui natureza de norma pertinente à medicina e segurança do trabalho. Também observaram que a Constituição reconhece que a mulher trabalhadora sofre maior desgaste do que os homens, tanto que garantiu ao sexo feminino idade e tempo de contribuição menores para a obtenção da aposentadoria, além do maior tempo de licença-maternidade em relação à paternidade.

De acordo com a ministra Kátia, não se trata, no caso, “de discutir a igualdade de direitos e obrigações entre homens e mulheres, mas sim de resguardar a saúde da trabalhadora, diante das suas condições específicas impostas pela própria natureza”. Na opinião da relatora, a mulher não é diferente como força de trabalho e pode desenvolver com habilidade e competência as atividades que lhe forem determinadas, mas a igualdade jurídica e intelectual entre homens e mulheres não afasta a natural diferenciação fisiológica e psicológica dos sexos.

Segal diz que a CLT é de 1943 e, naquela época, a mulher precisava da proteção. “Felizmente, com a evolução das relações jurídicas e sociais, com substancial conquista e avanço das mulheres em todos os campos, essa tutela não mais se justifica”, defende.

Para Mauro Schiavi, juiz do trabalho em São Paulo, o artigo 384 da CLT foi encampado pela Constituição de 1988 e pode ser aplicado tanto para homens como mulheres em razão do princípio da isonomia previsto no artigo 5º, inciso I. “Trata-se de norma que visa à proteção de riscos de acidentes e doenças profissionais e contribuiu para a melhoria do meio ambiente de trabalho. De outro lado, tanto o organismo masculino como o feminino necessitam de descanso antes das prorrogações [horas extras]”, diz.

Já Segal entende que o artigo 384 não está amparado pela Constituição porque faz distinção entre homens e mulheres, o que contraria a norma constitucional. “Para a validade de distinção, isso deve ser previsto na própria Constituição, que traz a diferença de tempo de serviço necessário para a conquista da aposentadoria por homens e mulheres.”

Schiavi ressalva que alguns juízes podem entender que o intervalo somente se aplica às mulheres em razão de o organismo feminino ser mais frágil que o masculino. “Esse dispositivo é antigo e decorre da evolução histórica de proteção do trabalho da mulher, pois ela tem necessidade que os homens não possuem. Além disso, a mulher, muitas vezes, trabalha, educa filhos, cuida da família, tem dupla jornada.”

Homens pedem benefício

Para o advogado trabalhista Jônatas Rodrigues, o assunto mostra posições divergentes em todas as instâncias da Justiça trabalhista. “Os Tribunais Regionais do Trabalho muitas vezes negam o benefício, indo em sentido contrário ao da Corte Superior do Trabalho. A posição majoritária do TST direciona para o deferimento do pedido de indenização, inclusive aplicando o intervalo previsto no artigo 384 da CLT para os homens”, diz.

De acordo com Rodrigues, os homens costumam entrar na Justiça pedindo o direito a indenização do intervalo como algo subsidiário à principal reivindicação, que é o pagamento das horas extras.

Os especialistas informam que o artigo 384 da CLT determina que haja um descanso antes do início das horas extras, e a empresa não pode substituir esse intervalo por dinheiro. Se não for respeitado, e o juiz entender que o artigo é constitucional, o empregador terá que pagar as horas de intervalo com o adicional de 50%, ou de 100% em caso de jornada aos domingos e feriados. Essas verbas rescisórias incidem inclusive em outros benefícios como 13º salário, férias e FGTS.

Fontes: Contraf, G1, EPCampinas.

Comentários em: "TST manda banco pagar mulher por não dar descanso antes de hora extra" (12)

  1. It is a excellent internet site. Good refined graphical user interface and very informative content articles. We are returning in a very little bit, basically excellent weblog.

  2. This submit had been really effectively composed, and it also consists of several useful facts. My partner and i appreciated your own specialist way with words this kind of post. You earn that very easy will understand.

  3. This particular post was really effectively written, looked after contains numerous beneficial facts. We enjoyed your own professional way with words this particular publish. You’ve made it quite simple will realize.

  4. Hi : I have to admit, I’m impressed using your web site. I needed no trouble directing through all the tab and data was a breeze to get into. I discovered things i desired very quickly in any respect. Quite awesome. Would certainly enjoy it in the event you include forums or something like that, it would be a perfect way for your customers to interact. Congrats!

  5. Hi — I have to admit, I’m amazed with your site. I needed little difficulty navigating via all of the tabs and knowledge had been super easy to get into. I ran across things i desired quickly in any way. Quite amazing. Might be thankful if you include discussion boards or something, it will be an excellent way for customers to have interaction. Congrats!

  6. This kind of post has been very effectively composed, looked after contains numerous helpful details. My partner and i enjoyed your specialist way with words this submit. You have made that super easy that i can comprehend.

  7. I really like your weblog.. really good shades & theme. Did you create this site yourself? Plz reply back again

  8. When you might message me personally together with virtually any hints on what you have made this site web site appear this great, I would enjoy it.

  9. Your website has become talked about within my community forum to be a recommended reading through. Im pleased My partner and i passed by to discover this.

  10. Hello there — I must say, I’m impressed with the site. I did little difficulty moving via every one of the navigation bars and knowledge had been very easy to access. I came across a few things i wanted in no time by any means. Fairly amazing. Might enjoy it in case you include community forums as well, it could be an excellent path for your customers to activate. Congratulations are in order!

  11. An individual always aid to produce seriously content I’d personally situation. That’s the first-time We frequented your site website and therefore significantly? I astonished with the study you’ve made to create this specific genuine publish extraordinary. Exceptional process!

  12. I simply want to say I am just all new to weblog and really liked you’re blog. More than likely I’m planning to bookmark your website . You certainly come with exceptional articles and reviews. Cheers for revealing your web page.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: