"Não ande atrás de mim, talvez eu não saiba liderar. Não ande na minha frente, talvez eu não queira seguí-lo. Ande ao meu lado, para podermos caminhar juntos."

Pelo segundo ano, a revista Lado A apresenta a lista “Os 10 inimigos públicos dos gays no Brasil”. Selecionamos, por meio de uma indicação feita por 10 militantes gays convidados, e publicamos por ordem de importância, as 10 pessoas que mais se destacaram na mídia por destratar homossexuais e por barrar ações que elevem a igualdade de direitos da comunidade gay, ou ainda, que agiram com homofobia em suas palavras ou ações. Essas 10 pessoas são responsáveis por disseminar o preconceito, a ignorância, e colaborar para que a violência e discriminação contra a comunidade homossexual se perpetue no país.

Apenas três nomes na lista deste ano estiveram em nossa listagem do ano passado. São eles, o senador Magno Malta (que em 2010 liderou a lista mas desta vez aparece em 5º lugar), o pastor Silas Malafaia (que se manteve como o 2º maior inimigo dos homossexuais no país) e o blogueiro Julio Severo (que saiu da 5ª para a 10ª posição). Estas mudanças de personagens em nossa lista demonstram que o preconceito conta com a renovação para criar seu lastro de opressão histórico. Por outro lado, a repercussão da lista do ano passado mostra que é possível, até para as pessoas mais homofóbicas, mudarem de atitude. Exemplo maior é o ex-governador do Paraná e agora senador, Roberto Requião (PMDB-PR), que foi acusado de fazer piadas preconceituosas com os gays em público e figurou em nossa lista de 2010. Após sua entrada em nossa lista, ele mudou de comportamento, chegando a se comprometer contra o preconceito e a defender os direitos humanos de gays, lésbicas e transgêneros.

Infelizmente, a lista deste ano traz novamente o governador do Paraná, desta vez Beto Richa, que ofendeu pais e mães homossexuais ao dizer que filhos criados por pessoas do mesmo sexo possuem prejuízos psicológicos, e ainda afirmou que leu pesquisa sobre o assunto. Questionado a apresentar a tal pesquisa ou se retratar, por meio de seu departamento de Comunicação e pedidos feitos a parentes, não respondeu nosso pedido. Mas o histórico do político possui outros pontos que foram levados em consideração nesta reincidência paranaense.

A quantidade de políticos evangélicos mostra claramente que o entrave dos direitos homossexuais nasce de uma fonte única: o discurso intolerante, muitas vezes apoiado por um livro sagrado para seus seguidores. A inclusão do jovem agressor da Paulista serve de alerta ainda para a sociedade, pois é inconcebível que um rapaz tão novo seja capaz de demonstrar tanto ódio por um semelhante. O rapaz está foragido da Justiça.

Confira quem são os 10 inimigos públicos dos gays no Brasil em 2011:

Deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ)
O deputado do PP do Rio de Janeiro, vem combatendo na mídia o Projeto Escola sem Homofobia, que visa educar jovens do Ensino Médio a entender a situação da comunidade homossexual e diminuir a violência e preconceito nas escolas. Além de apelidar o material do Ministério da Educação de “Kit Gay”, o parlamentar dá declarações onde chama gays de “escória da sociedade”, “aliciadores de menores”, “promíscuos”, dizendo ainda que gays querem impor um estilo de vida imoral como normal e defendeu ainda que pais devem dar um “couro” em filhos com tendências homossexuais para que ele deixe de ser “gayzinho”. Bolsonaro enfrenta três processos na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara por homofobia e racismo, depois que afirmou que seu filho não namoraria um negra por que foi bem educado, no programa CQC, participação da qual se defendeu afirmando que se equivocou e disse que entendeu que a pergunta se referia a se seu filho namorasse um gay. Uma de suas frases mais usadas é “Não conheço uma pai ou mãe que tenha orgulho de ter um filho gay”.

Pastor Silas Malafaia
O pastor carioca da igreja Assembléia de Deus evoca a Bíblia para discriminar a comunidade gay em seus programes na televisão e diz que se as uniões homossexuais forem considerados normais, logo estaremos legalizando a pedofilia e a zoofilia. Forte combatente ao projeto 122, que visa criminalizar a homofobia, que Malafaia chama de lei da mordaça. O discurso do pastor pode ser identificado em diversos outros homofóbicos, inclusive em criminosos que cometeram assassinato de homossexuais. O pastor cita com freqüência passagens bíblicas de Romanos e Levíticos para justificar suas falas e chama a homossexualidade de “antinatural”, “aberração”, “pecado” e ainda . O pastor ainda diz que deus criou Adão e Eva, e não Adão e Ivo, mote que virou até uma música. Em 2010, Malafaia e sua igreja patrocinaram mais de 200 outdoors na cidade do Rio de Janeiro e região, com a frase “Em favor da família e preservação da espécie humana. Deus fez macho e fêmea.”

Jonathan Lauton Rodrigues
O rapaz de apenas 19 anos, lutador de Jiu-Jitsu, agrediu em novembro de 2010, na companhia de mais quatro menores, pessoas que julgavam serem homossexuais na região da Avenida Paulista, em São Paulo. Durante os ataques, diziam frases homofóbicas. Ao menos três ataques foram realizados pelo grupo naquela madrugada, em uma cena filmada por uma câmera de segurança, um dos rapazes acerta um rapaz duas vezes com uma lâmpada fluorescente. Os menores foram detidos e liberados, Jonathan, o único maior de idade do grupo, teve sua prisão decretada mas até o momento não se apresentou à Justiça. O seu processo está suspenso até que o rapaz seja encontrado. Por fugir da Justiça, haverá aumento da pena, se condenado.

Ministro Nelson Jobim
Enquanto ministro da Defesa, não se envolveu no julgamento dos sargentos gays Laci Araújo e Fernando de Alcântara, chegando a afirmar que o caso não era motivado pela orientação sexual dos mesmos no Congresso e a encobrir o descumprimento de um acordo durante a rendição e transferência de Laci de São Paulo, onde foi preso, para Brasília, no qual deveria ser acompanhado em Brasília por uma equipe do Conselho Nacional dos Direitos Humanos, exigência estipulada pelo Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe-SP), que não foi cumprida. Laci e Fernando não permaneceram juntos durante o retorno e as Forças Armadas desempenharam tortura psicológica com o então sargento Lacy que estava claramente abalado e que acusa o Exército de tortura. Ele acabou preso diversas vezes, por dois anos, antes de ser condenado por conspirar para difamar o Exército. O Conselho Nacional de Justiça negou, por duas vezes, recursos aos sargentos gays, que foram claramente vítimas de revanchismo dentro do tribunal militar.

Senador Magno Malta (PR-ES)
O senador do PR-ES foi um dos primeiros parlamentares a se opor ao projeto de lei 122 e este ano afirmou que a lei legalizaria a pedofilia, do sadomasoquismo e da bestialidade. No ano passado, foi eleito o inimigo número 1 dos homossexuais por suas duras palavras contra os homossexuais. Este ano ele voltou a atacar o projeto e afirmou que ele e outros senadores esperam arquivar a proposta. Citando a Bíblia, o senador diz que defende a família e que Deus criou o homem e a mulher.

Deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ)
Em 2010, o deputado federal do PMDB do Rio de Janeiro apresentou um projeto de lei que é contra a discriminação de pessoas heterossexuais. Ele afirmou que seu projeto se justifica para garantir que as pessoas “normais” sejam respeitadas. “Quando falo normal não quero dizer que eles sejam anormais. Na natureza existe o homem e a mulher, mas não acho que eles sejam anormais. Mas eles representam uma minoria.” A proposta não tem data para ser votada no Congresso e é uma retórica ao PLC 122, que visa criminalizar o preconceito aos homossexuais. O deputado faz parte da bancada de deputados contra o projeto e que defendem que criticar e ofender homossexuais é um direito garantido pela liberdade de expressão e de culto, quando usado argumentos religiosos. O deputado ainda é contra o projeto Brasil sem Homofobia, do MEC, e contra outras leis voltadas a comunidade gay.

Vereador de São Paulo Carlos Apolinário
O vereador paulistano Carlos Apolinário  tentou por diversos anos remover a realização da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo da Avenida Paulista. Dono de uma rádio gospel e membro da Assembléia de Deus, Apolinário tentou ainda barrar a criação de um centro de informações turísticas para homossexuais visitantes na cidade e a distribuição de gel lubrificante na Parada Gay. Em retaliação a saída da Marcha para Jesus da Paulista, o vereador até fez um projeto para que a Paulista deixasse de receber a Parada Gay. Apolinário constantemente diz que há uma ditadura gay e que homossexuais querem privilégios.

Governador do Paraná Beto Richa (PSDB-PR)
O atual governador do Paraná, Beto Richa, falou durante a campanha das eleições de 2010 que era a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo, porém, sobre adoção, afirmou que é contra, pois “comprovadamente, cientificamente, hoje, isso causa um abalo, um transtorno psicológico, mental, para estas crianças”. Antes, enquanto prefeito, ignorou uma agressão cometida por um guarda municipal a um casal homossexual. Tal guarda foi promovido para sua segurança após o incidente. O então prefeito Beto Richa ainda vetou o projeto de criação do Dia Municipal Contra a Homofobia. Em seus quatro meses como governador, o projeto criado por seu antecessor, Orlando Pessuti, para instituir do Conselho Estadual LGBT se encontra parado.

Deputado estadual Edino Fonseca (PSC-RJ)
Em seu último mandato, o deputado do partido social cristão fluminense e pastor evangélico chegou a propor, em 2004, um projeto de lei com direito a auxílio para “homossexuais que voluntariamente quisessem tornar-se heterossexuais”. O deputado ainda teria dito que homossexuais fazem clones para dominar a sociedade. O polêmico projeto do deputado foi rejeitado pelos deputados do Rio de Janeiro e teve defesa de Flávio Bolsonaro (PP), filho do deputado federal Jair Bolsonaro (PP), que afirmou: “Se    Deus quisesse que o mundo fosse homossexual não teria criado Adão e Eva, e sim Adão e Ivo”.

Júlio Severo
O blogueiro gaúcho há anos prega na internet suas idéias fundamentalistas. Cristão direitista, que se autodenomina profeta, Severo faz ataques pessoais a gays em seu site, usa a Bíblia como escudo, prega a cura da homossexualidade e de que homossexuais são pedófilos. Se diz vítima de uma perseguição política que o obrigou a sair do país e pede doações na internet para que possa dar sequência a sua missão.

Fonte: Revista Lado A

Comentários em: "Os 10 inimigos públicos dos gays no Brasil para 2011" (12)

  1. Parabéns pelo BLOG e por esta materia. É bom conhecer o rosto dos inimigos do bom senso, da cultura e da liberdade!
    Continuem assim!
    Abraços

  2. andréia disse:

    a questão não é que somos contra os seres humanos, mas não podemos deixar que uma lei venha contra a nossa fé, aquilo em que acreditamos!!!! não somos homofóbicos, tenho uma amiga de infância que é lesbica, sou amiga dela, mas, ela sabe da forma que eu penso, eu gosto muito dela, porém, não gosto das suas prátcas!!!

  3. Awesome publish ! Many thanks, submitting on my own weblog gentleman! I will concept you some time. Some understand that.

  4. Should you could concept myself along with any tips how you have made this site web site seem this particular excellent, I would personally enjoy it.

  5. This particular post has been very nicely created, and in addition it includes several helpful details. We appreciated the professional way with words this submit. You cash in on that very easy to realize.

  6. If you could information myself along with virtually any tips how you made this blog website appear this good, I might enjoy it.

  7. This kind of submit had been very nicely composed, and it likewise includes several useful information. We appreciated the expert way with words this post. You have made it easy that i can comprehend.

  8. Very nice post. I just stumbled upon your weblog and wished to say that I have truly enjoyed surfing around your weblog posts. After all I’ll be subscribing for your feed and I’m hoping you write again soon!

  9. This can be a great internet site. Good refined graphical user interface and very useful content articles. We’re coming back in the little bit, was looking for excellent website.

  10. Your internet site has become mentioned during my community forum as being a advised reading through. I am happy My partner and i went by to view this.

  11. Thanks for taking this probability to discuss this, I am highly about this particular i take pleasure in discovering this topic. If at all possible, because you gain details, please add to this blog together with fresh info. I are finding this really helpful.

  12. I just want to say I am beginner to blogs and really savored you’re web-site. Almost certainly I’m likely to bookmark your blog post . You amazingly have good well written articles. Many thanks for sharing your webpage.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: