"Não ande atrás de mim, talvez eu não saiba liderar. Não ande na minha frente, talvez eu não queira seguí-lo. Ande ao meu lado, para podermos caminhar juntos."

A violência é hoje é o top de linha para qualquer meio de comunicação, pela teoria econômica, a razão da violência sempre foi à busca por ganho material, “se eu não tenho, vou tirar…” Pelo governo, ela é entendida como instrumento de oposição ao sistema.

E você, o que acha?
Hoje ela é banal, democrática, funciona como meio de expressão, ocupa o espaço da falta de valores sólidos e gera nos cidadãos uma tremenda obsessão pelo medo.
A violência hoje é como um estilo, fazer parte do grupo, do todo, você tem que agir com ela, conviver com ela, falar dela, saber dela, do contrário você não faz parte do grupo.

É hilário, mas se você não fizer parte do meio, você é o alienado!

Dizer que perdemos valores, seria injusto, pois com os valores que muitos dizem que perdemos, vimos a Inquisição, em nome de um deus, vimos o Holocausto, em nome de uma supremacia, no decorrer da história até os dias de hoje, aplaudimos ditadores, assassinos, compactuamos com eles quando nos omitimos, compactuamos com a violência quando somos obrigados a votar, e nessa obrigação elegemos assassinos para legislar em nosso favor, são assassinos também aqueles que desviarem até um grampo do sistema público, aquele que desvia o leite, o remédio, o material escolar, o computador da escola, o combustível dos governos. Você pode não concordar, mas esse tipo de político anda de mãos dadas com a violência.

Já a banalização da violência, em que imagens e informações de dar medo se repetem no dia-a-dia, se você chegar ao trabalho ou na escola, encontrar um vizinho, sem ter visto aquelas imagens de morte e sangue, aquele choro desesperado de órfãos de pai, mãe, filhos e filhas, vizinhos e bons amigos, sem ter ouvido aquele comentário dramático do âncora da TV, você tá f. porque você não sabe de nada, não adianta saber se o projeto tal foi rejeitado, aprovado, arquivado ou vetado, você é um alienado, esquece não tem papo com você.

A banalização da violência não traz apenas efeitos na vida social, muda o ritmo do nosso corpo, mexe com toda a fisiologia, altera nossos hormônios, nossa percepção de muitos sintomas.

A passividade em vez de indignação é uma tendência do coletivo, tudo pode ser substituído, tudo é um jogo. É um vale-tudo, pois nossos governantes não têm políticas sobre a violência, eles apostam nela. O medo da fome, da guerra, de perder o emprego, do desastre ecológico, mantém o estado como está, e perpetuam nossos legisladores, aqueles que demos o crédito de serem deputados, senadores, prefeitos, governadores, presidentes entre outros cargos de confiança.

É muito engraçado quando esquecemos o que acontece em nosso quintal e elegemos junto com mídia, (TV, internet, jornais, revistas…) uma única organização terrorista como agente principal da violência no mundo, que uma única empresa multinacional é responsável pelos eventos climáticos, que um único banco é responsável pela crise econômica, que um único governo é responsável pela ditadura e tirania.

A violência é globalizada?

Sim.

Mas por isso vou atirar no motorista que me deu uma fechada no trânsito, vou surrar, até deixar inválido o cara que olhou pra minha garota, que, diga-se de passagem, na maioria das vezes é uma ficante, e ser for sério, ela tá com você, escolheu você pra ficar com ela, vou espancar todo homossexual porque ele não tem as mesmas opções sexuais que eu?

Pô, fala sério, então vamos destruir o planeta todo, dizimar por completo, porque se não tiver que encontrar ninguém pelo caminho, talvez aí, fique como eu quero.

Vivemos um obsessão! O que levam todos a se sentirem reféns da violência?

Lembra daquele atentado ao WTC, em 2001, houve um aumento de 40% na venda de armas nos Estados Unidos. O que as pessoas poderiam fazer com um rifle na hora em que dois aviões e duas torres caíam sobre suas cabeças? Atirar no piloto?

O que eu vi até agora, foram jovens que são tratados como lixo por seus colegas, são desprezados por suas famílias, esquecidos pelo governo, com um rifle na mão, matando seus “colegas” de escola.
A frase do educador Ubiratan D’Ambrósio (Unicamp), resume: “Educação inclui mostrar que o diferente não é o nosso inimigo, não representa o perigo. O medo [da violência] gerou uma paranóia coletiva em que as relações humanas passam a ser de desconfiança, de animosidade. Estamos gastando muita energia, econômica e emocional, para nos defendermos de um inimigo que talvez nem exista”.

O que podemos fazer para fugir desse circulo social que abastece a violência?
Evitar o preconceito, ser preconceituoso já é uma forma de violência e cria um ciclo vicioso. O comportamento individual de agir com temor a minorias e “estereótipos” como a pessoa mal-vestida, negra, a pobre, aquela que não tem o carro do ano, aquele que não tem o tênis daquela marca famosa, que eu não posso por o nome aqui, aquela menina que não tem bolsa da moda, que não tem a etiqueta tal, aquele que não tem o celular que é um computador, cria uma desconfiança nas relações sociais.

Controlar o medo, uma reação fisiológica depois ver TV, é quando a ameaça se faz presente. Já o medo generalizado, sem critérios definidos, faz as pessoas agirem com irracionalidade, o que, muitas vezes, gera mais violência. O medo também é um fator que restringe o simples ir e vir no cotidiano. Tem gente que nem sai mais de casa, e não estou me referindo apenas às pessoas que sofrem de agorafobia.

Controlar a obsessão. A violência existe? É real? Mas a obsessão, que leva o cidadão a achar que vive correndo perigo a toda hora e em todo lugar, só piora a vida.

Individualismo? Procurar meios de me proteger sem mudar o que está ao meu lado. Eis um exemplo bobo que resulta em violência, eu vou ao mercado e me preocupo se o alimento é orgânico, mas será que o meu vizinho de bairro, meu colega de trabalho, vai ter alimento na sua mesa hoje? Tá bom, a discussão sobre a qualidade dos alimentos é necessária e política mundial sobre isso ter que ser estudada e alterada imediatamente, temos que ter ações necessárias e urgentes.

Mas você nunca se perguntou por que o “ladrão de galinhas” rouba galinhas? Porque uma mãe pobre, em um momento de desespero, vai para a cadeia porque roubou uma lata de leite, um pacote de fraldas ou uma pomada de assaduras?

Já sei, existem regras sociais, direitos e obrigações, toda ação tem sua conseqüência, mas e aí, onde está a raiz do problema? O problema não é individual, portanto não será resolvido se cada um se isolar e só pensar no bem-estar próprio.  O meu condomínio tem guaritas, o meu carro é blindado, e aí resolveu o problema?!

Disseram-me que cultivar valores morais sólidos resolveria o problema.

Mas valores morais de quem?

De uma religião, que se diz verdadeira e única?

De um governo, porque ele paga um salário por mês, me dá um gás ou porque paga para meu filho ir à escola?

De um grupo político, porque se um dia ele chegar ao governo ele vai me dar um cargo de confiança?

Que valores morais são esses que vão dizimar a violência?
Absorver passivamente qualquer informação sobre violência só reforça o clima de obsessão reinante e acaba por difundir ainda mais a violência, e não é a solução para o problema. É preciso selecionar as fontes em que se busca informação e questioná-las ou refletir sobre elas. É preciso usar uma lente própria, uma análise pessoal, uma fonte crível.

Tá bom, a violência por si só não se justifica. Mas se continuarmos agindo assim, o boom será o da violência.

Cássia Filetti

Comentários em: "O medo determina sua vida?" (31)

  1. This can be a fantastic site. Good refined graphical user interface and also useful articles. I’ll be ever coming back in a very tad, just fantastic website.

  2. Thank you for taking this chance to discuss this, I’m highly about this kind of we take pleasure in learning about this particular subject. Whenever possible, while you acquire information, you should enhance this blog along with new information. My partner and i discovered it really beneficial.

  3. Generally I can’t publish upon blogs, on the other hand would like to state that this particular post actually forced myself for this. Great publish!

  4. If you can concept me personally with any kind of hints regarding how you’ve made your blog web site look this great, I’d personally enjoy it.

  5. Your web site has become talked about during my discussion board as being a suggested reading through. I’m glad We went by to determine this.

  6. That is a fantastic website. Good refined gui and also informative posts. We are coming back within a tad, just great blog.

  7. Hello there, simply turned into aware of your blog thru Google, and found that it is really informative. I?m gonna watch out for brussels. I will appreciate if you continue this in future. A lot of other folks will be benefited from your writing. Cheers!

  8. When you might concept myself with any kind of hints on what you have made your blog website appear this excellent, I would enjoy it.

  9. Awesome post ! Many thanks, posting on my website guy! I am going to message an individual a while. I didnt realise which.

  10. Your blog has become mentioned around my discussion board as being a suggested reading through. I’m pleased My partner and i passed by to find out this.

  11. Hello — I must say, I’m amazed along with your website. I had no trouble navigating via the many navigation bars and data has been a breeze to gain access to. I discovered things i needed in no time in any respect. Fairly amazing. Would appreciate it when you increase forums or something that is, it may be a perfect opportinity for your customers to have interaction. Great job!

  12. You actually make it seem really easy together with your demonstration however i find this particular topic to be really one thing

  13. Hey almost all, just changed into mindful of your site thru Search engines like google, determined that it is really educational. We?erika likely to be aware of brussels. I will value in the event you carry on this particular later on. A lot of others is going to be rooked your own personal creating. Many thanks!

  14. I simply want to tell you that I am just newbie to blogging and site-building and honestly liked this web-site. Most likely I’m likely to bookmark your website . You amazingly come with incredible articles. Regards for sharing your website page.

  15. I simply want to mention I am just newbie to blogging and honestly loved your web-site. Very likely I’m want to bookmark your blog . You surely come with wonderful writings. Thanks for revealing your website page.

  16. My brother suggested I might like this web site. He was totally right. This post actually made my day. You cann’t imagine simply how much time I had spent for this info! Thanks!

  17. Great beat ! I would like to apprentice while you amend your web site, how can i subscribe for a blog web site? The account aided me a acceptable deal. I had been a little bit acquainted of this your broadcast offered bright clear concept

  18. You made several good points there. I did a search about the subject and found a good number of folks will consent with your blog.

  19. Hello. remarkable job. I did not imagine this. This is a great story. Thanks!

  20. Its like you read my mind! You seem to know a lot about this, like you wrote the book in it or something. I think that you can do with a few pics to drive the message home a bit, but instead of that, this is wonderful blog. A fantastic read. I will definitely be back.

  21. Thanks for all of your work on this site. Kate delights in participating in internet research and it’s really easy to see why. I know all about the dynamic medium you offer invaluable tactics through this web site and as well as cause participation from some other people on this point and our child is now becoming educated a lot of things. Have fun with the remaining portion of the new year. You are conducting a useful job.

  22. Wow! Thank you! I continuously wanted to write on my website something like that. Can I take a fragment of your post to my blog?

  23. I like the helpful information you provide in your articles. I’ll bookmark your weblog and check again here regularly. I’m quite certain I’ll learn many new stuff right here! Best of luck for the next!

  24. You really make it seem so easy with your presentation but I find this topic to be actually something that I think I would never understand. It seems too complicated and extremely broad for me. I’m looking forward for your next post, I’ll try to get the hang of it!

  25. We have been seeking this facts for fairly a while. About 1 hours of online browsing, at last I discovered it as part of your post. I dont realize why Google dont rank this type of informative web internet sites inside best SERP. Generally the first number of websites are rubbish. Maybe it is actually time to improve to other lookup engine.

  26. I feel that is one of the so much important information for me. And i am glad studying your article. However wanna statement on few common issues, The site style is wonderful, the articles is actually nice😀. Good process, cheers.

  27. Interesting read

  28. Have you ever considered writing an ebook or guest authoring on other sites? I have a blog based upon on the same topics you discuss and would love to have you share some stories/information. I know my readers would enjoy your work. If you are even remotely interested, feel free to shoot me an e mail.

  29. hey there and thank you for your info – I’ve definitely picked up anything new from right here. I did however expertise some technical issues using this site, since I experienced to reload the web site many times previous to I could get it to load correctly. I had been wondering if your hosting is OK? Not that I am complaining, but slow loading instances times will often affect your placement in google and can damage your high quality score if ads and marketing with Adwords. Anyway I’m adding this RSS to my email and can look out for much more of your respective intriguing content. Ensure that you update this again very soon..

  30. Valuable info. Lucky me I found your web site by accident, and I am shocked why this accident did not happened earlier! I bookmarked it.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: