"Não ande atrás de mim, talvez eu não saiba liderar. Não ande na minha frente, talvez eu não queira seguí-lo. Ande ao meu lado, para podermos caminhar juntos."

Assédio Moral

 

assedio_moral_principal Assédio Moral

Fatores Psicossociais e organizacionais:

•Alto ritmo de trabalho.

•Pouca oportunidade de desenvolvimento pessoal.ameças, gritos e humilhações

•Sobrecarga de trabalho.

•Baixo suporte social.

•Tarefas monótonas.

•Competitividade.

•Ameaças – Gritos – Humilhações – Pressão para produzir

•Insatisfação pelas condições de trabalho.

Cultura organizacional que aprova comportamento de assédio moral ou não o reconhece como problema.

Mudanças repentinas na organização.

Níveis extremos de exigência laboral.

Comunicação escassa ou ordens confusas.assedio3

Fluxos pobres de informação.

Péssimo relacionamento entre os trabalhadores e alta hierarquia.

Relações em que: falta respeito, fofocas e muita rivalidade entre colegas;

Deficiências na política de RH e falta de valores éticos e morais.

Estilos de supervisão autoritários (abuso de poder).

Os atos de VIOLÊNCIA podem ser agravados devido à discriminação, práticas racistas e sexistas; intolerância, problemas pessoais, uso de drogas e consumo de álcool.

Fonte: Instituto Nacional de Seguridad e Higiene en el Trabajo (INSHT)

ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO – SITUAÇÕES DE RISCO

Jornada prolongada x Sobrecarga de Tarefas

sobrecarga

Novas formas de contratos de trabalho x Insegurança no emprego

assedio-moral-703

Intensificação do trabalho x Exigências emocionais elevadas.

exigências

Violência no trabalho x Difícil conciliação entre a vida profissional e a

vida privada.

Violência no trabalho

Homens x Mulheres

Conceitos

Todo incidente em que o trabalhador seja insultado – ameaçado ou agredido por outra pessoa (colega oassedio_moral_thumb[3]u chefe) no desempenho de seu trabalho.

Conjunto de procedimentos – comportamentos e atitudes que ameaçam – desqualificam e constrangem o outro de forma repetitiva e sistemática.

Forçar a saída ou submetê-lo.

Elementos do assédio:

temporalidade – intencionalidade –direcionalidade – repetitividade e habitualidade – limites geográficos – degradação deliberada das condições de trabalho.

CARACTERÍSTICAS DAS AÇÕES

DIRETAS E EXPLICITAS: VERBAIS OU FÍSICOSassedio-moral

MAIS SUTIS: REBAIXAR PROFISSIONALMENTE OU ISOLAR.

 

 

 

 

 

Assédio moral ou terror psicológico no ambiente de trabalho

 

A- Ação de assédio para reduzir as possibilidades da vítima se comunicar adequadamente com outros, inclusive com o próprio assediador:

Não permite que você se comunique – Isola você.

Interrompe continuadamente você enquanto fala.

Impede você de se expressar.

Grita, xinga e espalha rumores e maldades contra você em voz alta.

Faz ataques verbais, criticando trabalhos realizados.discriminação

Invasão de privacidade – faz críticas sobre a sua vida privada.

Amedronta e ameaça com ligações telefônicas.

Ameaça verbalmente.

Ameaça por escrito.

Evita o contato (não cumprimenta e o contato visual se dá através de gestos de rejeição, menosprezo ou despeito).

Ignora a sua presença, por exemplo, passando a tarefa para você via terceiros.

Faz piada sobre sua origem ou de nacionalidade.

Obriga você a realizar trabalho humilhante.

Controla, monitora, anota, registra tudo o que você faz visando desqualificar seu trabalho.

Suas decisões são constantemente questionadas.

Usa termos obscenos ou degradantes contra você.

Assedia sexualmente você, com gestos ou proposições.

B- Ações de assédio para evitar que a vítima tenha a possibilidade de manter contatos sociais

Nunca fala com você.isolamento

Não permite que você fale com outras pessoas.

Você é isolado em posto de trabalho que a isola dos seus companheiros.

Seus companheiros são proibidos de falar com você.

Você é ignorado.

C- Ações de assédio dirigidas a desprestigiar ou impedir você de manter sua reputação pessoal ou profissional:

Xinga e calunia você.

O chefe espalha boatos, rumores e fofocas sobre você.

Você é ridicularizado em tudo que faz.

Espalha que você é doente mental.

Força você a fazer ou passar com psiquiatra para exame ou diagnóstico de saúde mental.

Espalha que você está doente.

Seus gestos, sua postura, sua voz são imitados, ridicularizando-o.

Ataca suas crenças políticas ou religiosas.pessoa isolada

Faz piada acerca da sua vida privada.

Não lhe passa trabalho ou qualquer tarefa.

Não lhe passa tarefa ou impede você de encontrá-las ou realizá-las.

Passa tarefas totalmente inúteis ou absurdas.

Passa tarefas inferiores a sua capacidade ou competências profissionais.

Sobrecarrega você com novas tarefas.

Faz você executar trabalhos humilhantes.

Passa tarefas que exigem uma experiência superior às suas competências profissional.

D – Ações de assédio moral através do descrédito profissional.

descredito

E- Ações de assédio que afetam à saúde física ou psíquica da vítima.

Obriga você a realizar trabalhos perigosos ou especialmente nocivos para a sua saúde.

Faz ameaças físicas.

Agride fisicamente você, mas sem gravidade, a título de advertência.pribido-beber-agua

Ocasionam propositalmente gastos com a intenção de prejudicar você.

Cria problemas em seu posto de trabalho.

Destrói as redes de comunicação.

Perturba o exercício do trabalho.

Viola direitos fundamentais.

TAREFAS CLARAS , OBJETIVOS COLETIVOS E COMPARTILHADOS, RELAÇÕES INTERPESSOAIS

EXPLICITAS E RESPEITOSAS, AÇÕES E CONFRONTOSOCASIONAIS.

ESTRATÉGIAS ABERTAS E FRANCA.

CONFLITOS E DISCUSSÕES ABERTOS COMUNICAÇÃO SINCERA, HONESTA, RESPEITOSA.assedi5

CONFLITO, ASSÉDIO MORAL,  TAREFAS CONFUSAS.

ORDENS AMBIGUAS.

BOICOTES E INDIVIDUALISMO. FALTA DE PROJETOS E PREVISÃO.

RELAÇÕES INTERPESSOAIS AMBIGUAS, AÇÕES DESUMANAS de LONGA DURAÇÃO E SEM ETICA

ESTRATÉGIAS EQUIVOCADAS, AÇÕES CAMUFLADAS. NEGAÇÃO DO CONFLITO.

COMUNICAÇÃO INDIRETA, EVASIVA, DIFICIL, AUTORITARIA, DESRESPEITOSA.

Violência institucionalizada – coletiva.

1) Revista intimarevista

Diariamente, ao término da jornada era obrigado a se despir, sendo alvo de comentários relativos aos seus órgãos sexuais.

Todas as vezes que saíam da tesouraria eram revistados; trabalhavam de chinelos e não era permitido o uso de cuecas; o macacão era sem bolso, com feixe atrás; a revista consistia em ficar nu na frente do vigilante.

Pressão psicológica prolongada no trabalho.

A exposição de empregada a prolongado processo para apuração de irregularidade, o qual poderia culminar em sua dispensa, configura assédio moral, pois a submete a um período de pressão psicológica, humilhação e apreensão, injustificadamente delongado.

VIOLÊNCIA INDIVIDUALIZADA: COAÇÃO ATO ARBITRÁRIO E DISCRIMINATÓRIO

O diretor jurídico da instituição – em reunião ocorrida no Hotel Othon

Palace, em abril de 2008 – solicitou aos advogados presentes que renunciassem às ações movidas contra o banco, sob pena de perder o cargo de comissionado de analista jurídico.

BB Greve 2009 Greve faz banco propor PCCS, combate ao assédio moral e valorização do piso. Em negociação na noite desta quarta-feira, o banco apresentou proposta considerada positiva pelo Comando, que orientou sua aprovação.

Existem indícios de que o Banco tem pressionado seus empregados por todo o Brasil.

Conclusão: foi sumariamente descomissionado do cargo de advogado, e revertido ao cargo efetivo de escriturário.

Banco não pode punir funcionário que recorre à Justiça.

Em meados de 2007, um advogado do BB, foi indicado para ocupar o cargo de Assessor Jurídico Pleno em Brasília (o que significaria uma “promoção”), mas foi impedido por não ter desistido das ações movidas contra o Banco.

PRÁTICA RACISTA: Professor é condenado por fazer piada racista

Ao ministrar a disciplina Leguminosas de Grãos Alimentícios, disse:racismo

Os negrinhos da favela só têm dentes brancos porque a água que bebem possui flúor;

Soja é que nem negro, uma vez que nasce é difícil de matar.

Negro bom é negro de alma branca.

Negro é sempre assim: se não faz na entrada, faz na saída.

Juízes, promotores e advogados são que nem pragas: quando infestam sua vida não largam mais.

Lugar de mulher é na cozinha.

Marido, quando não sabe porque está batendo, a mulher sabe porque está apanhando;

Você sabe como salvar cinco advogados que estão se afogando? R: Não. Ótimo!

*Ressarcimento integral do dano; suspensão dos direitos políticos, de três a cinco anos;

pagamento de multa civil de até 100 vezes o valor da remuneração percebida pelo agente e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios e incentivos fiscais e creditícios, direta e indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário pelo prazo de 3 anos.

* Reprodução em sala de aula, de modo ativo, expressões discriminatórias, em desacordo com os princípios que regem o ensino público federal e o exercício do magistério,

* Pedido de desculpas

* Caráter pedagógico e reparador de todos os procedimentos instaurados contra o apelado, para si, para a instituição

* Condenar ao pagamento de multa civil, fixada no valor integral de 1 (uma) remuneração mensal percebida pelos cofres públicos em virtude do desempenho do cargo de professor universitário titularizado.

DISCRIMINAÇÃO por ORIENTAÇÃO SEXUAL

Banco do Estado da Bahia – BRADESCO desde 2001

Gerente-geral de agências em Salvador (1996 – 2004).

Demitido em fevereiro 2004 por JUSTA CAUSA.

Motivos segundo o BRADESCO: descumprimento de normas da sua política de crédito e a liberação de recursos “de forma incorreta, sem a devida análise, provocando irregularidadehomofobia1s operacionais deveras relevantes”, com “operações” acima da capacidade de pagamento dos tomadores”.

Ação: reintegração ou correspondente indenização – pela dispensa “discriminatória, danosa e kafkiana”. Reparação pelos danos morais e materiais decorrentes do assédio moral.

Motivo real da JC: perseguição por parte do superintendente regional.

O costume de decorar as agências com bolas coloridas no lançamento de novos produtos: “atitude de afeminado”.

Foi ofendido por encontrar o banheiro masculino fechado e, pediu licença às colegas e usou o feminino.

Testemunhas afirmaram que na presença de subordinados e de pessoas estranhas, o supervisor o chamava de “homossexual” de modo mais chulo e rasteiro por atitudes ínfimas.

Muitas vezes o superintendente dizia que o Bradesco “era lugar de homem, não de veado”

BANCO: indenização de R$ 916 mil.

RESTRIÇÃO DE USO DE BANHEIRO

A empresa estabeleceu uma pausa única de 5 minutos – conhecida como “pausa para banheiro” e se o empregado ultrapassava esse tempo, sofria desconto no contracheque, sob o título de saída ou atraso.restrição

Quem precisasse ir novamente ao banheiro tinha de pedir permissão à chefia, o que era, via de regra, negado.

Um urso de pelúcia era colocado sobre o monitor de quem estava usando o banheiro, e se outra pessoa quisesse usá-lo, teria que esperar o retorno do colega.

Fonte: Tribunal Regional do Trabalho 3ª Região – 06/11/2006.

 

CONTROLE DE IDAS A BANHEIRO: CONSIDERADO ATO ÍLICITO

Calçados Hispana – sucessora da Azaléia

Atos: Restringia a duas ou três vezes ao dia, por cinco minutos, e muitas vezes, sob fiscalização de um supervisor.

Idas eram controladas pela substituição dos crachás: quando o funcionário ia ao banheiro, deixava o seu pendurado em vassouras e colocava um especial, sinalizando que fazia uso do sanitário.

Cronometravam as idas, e, se ultrapassassem os cinco minutos, iam buscá-los.

Controle de saída para beber água.

Havia só um crachá para cada setor e somente um trabalhador podia usar o banheiro, o que levou a que ingerissem pouco líquido para não ter que sair da produção.

Conclusão: 7ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho decidiu que a empresa deve pagar indenização por danos morais a grupo de trabalhadores que moveu ação por assédio moral.

ESTIMULO AO AUMENTO DE VENDAS, MULHERES ESTIMULADAS A USAR ROUPAS SEXY SAIR COM CLIENTES, PARA PROGRAMAS SEXUAIS.

ASSÉDIO SEXUAL – Empresa Comercial F & A Ltda

TST mantém condenação de chefe, 50 anos, casado, que tirou a blusa de funcionária.assedioSEXUAL

Assediava constantemente com piscadas, assovios, tentando o contato físico, como pegar na mão, além de fazer propostas indecentes, todas recusadas pela empregada.

Ele chegou a despi-la na frente dos colegas, enquanto ela arrumava um lustre.

EMPRESA: negou as acusações, afirmando que as circunstâncias narradas não caracterizam o crime descrito. Alegou que a trabalhadora mantinha relacionamentos amorosos extraconjugais, e que o sócio, “jamais praticou quaisquer dos atos mencionados pela trabalhadora”.

ASSÉDIO MORAL HORIZONTAL

Bancária, noiva e grávida, denunciou ao gerente e ao Dep. Recursos Humanos da empresa, por escrito, as cartas de deboche, a devassa em sua conta, as ligações telefônicas para sua residência e de familiares a qualquer hora, o olhar constrangedor e os comentários sobre sua vida pessoal durante o período de trabalho, a perseguição na rua.

ASSÉDIO MORAL HORIZONTAL O gerente, não tomou nenhuma providência e insinuou que a funcionária de alguma forma havia se envolvido afetiva e sexualmente com o colega. Disse, ainda, o superior hierárquico, que nada podia fazer contra o perturbador, pois ele era delegado sindical.

Após esperar dois meses, e diante da omissão do empregador, a bancária pediu demissão.

“Preferiu omitir-se, ao invés de instaurar processo administrativo e tomar as providências necessárias para que aquela situação não tivesse prosseguimento”, concluiu o juiz. – Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve a decisão da Justiça do Trabalho. (RR-52608/2002-900-09-00.4)

A Casa da Moeda

Contratado por concurso como Projetista : 2 de abril de 2001

Pediu demissão em 10 de março de 2004. Vítima de assédio moral de sua chefe. nota_moeda

Motivo: concorreu com chefe a um prêmio interno de design. Vitória do funcionário.

Atos: Ficou seis meses sem receber trabalho; não era chamado para reuniões – foi substituído em suas funções por um estagiário.

Era criticado publicamente, diversas vezes.

Casa da Moeda: alegou, em sua defesa, que a vitima não foi discriminado em nenhum momento e o acusou de ter mudado de comportamento após o término do período probatório, em que o funcionário público está em fase de avaliação. Argumentou que o funcionário não tinha estabilidade e, portanto, não seria o caso de pedir a readmissão.

Juíza: só pediu demissão por não agüentar mais o assédio moral que vinha lhe provocando abalo emocional.

LEMA: SAUDÁVEL OBSESSÃO PELA QUALIDADE.

imgTelefone PROGRAMA: BB RESPONDE.

DISCURSO: “Melhorias e mudanças comportamentais alcançadas ao longo de seus quase cinco anos de atuação, contribuiu para um relacionamento mais equilibrado e respeitoso para com os seus clientes, que ao acionarem o serviço, exercitam a cidadania, aprimoram a Empresa e contribuem para uma prestação de serviço de melhor qualidade a toda sociedade.”

PRÁTICA: DISTANCIAMENTO ENTRE O DISCURSO E A PRÁTICA.

Conseqüência: Assédio moral, no setor de ouvidoria da instituição.

O Banco: ao saber das queixas contra a gerente daquele departamento, não tomou as providências necessárias para resolver a situação.

Resultado: R$ 600 mil de indenização.

Fonte: Revista Consultor Jurídico, 15 de maio de 2007

REPERCUSSÕES PARA OS TRABALHADORES2008_estresse1

Não suporta os problemas familiares. Atitudes irresponsáveis enquanto pai, esposo, irmão. Afastamento e perda de amigos. Repercussões no rendimento escolar dos filhos.

Aumento do consumo Drogas. Aumento Consumo Fumo e Álcool.

Solidão patológica. Separações.

Doenças. Ideação suicida. Suicídio.

 

Assédio moral no ambiente de trabalho praticado pela indústria de bebidas

AMBEV. Esse foi o motivo que gerou a Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público do Trabalho, que chegou à Justiça do Trabalho potiguar no final de 2006.

O processo foi distribuído para a 1ª Vara do Trabalho da capital, onde, após a realização das audiências devidas, a juíza Simone Medeiros Jalil Anchieta emitiu sentença condenando a empresa ao pagamento de R$ 1milhão (um milhão de reais) de indenização por assédio moral no ambiente de trabalho.

10/07/2008 – Decisão sobre o caso de Assédio moral da empresa AMBEV tem sua efetividade garantida. Estabelecer por parte da empresa e trabalhadores o compromisso ético de impulsionar um ambiente de trabalho livre de assédio;  Estabelecer: as conseqüências que acarreta o não cumprimento das normas e valores; As sanções correspondentes, os procedimentos de avaliação; As formas de ajuda as vitimas; Garantir o respeito e confidencialidade.

Protocolo formal de política para a empresa, especificando claramente as  ações aceitáveis e inaceitáveis

Prática machista: Assédio Sexual

 

”Você tem muitas funções no trabalho. Aceitar humilhações não pode ser uma delas”assedio2

 

Comentários em: "Assédio Moral" (22)

  1. Top Blogs 2011…

    […] the best blog that I consider for 2011 […]…

  2. Best Blogs 2011……

    […] the best blogs will be mentioned below […]…

  3. Appreciate taking this possibility to mention this kind of, I am strongly about this and that i appreciate researching this kind of topic. If possible, while you gain facts, you should help to increase this weblog with new details. My partner and i have discovered this very helpful.

  4. I just want to tell you that I am just beginner to blogging and truly savored this web site. Very likely I’m likely to bookmark your blog . You amazingly come with good posts. Appreciate it for sharing with us your blog site.

  5. I just want to say I am very new to weblog and absolutely liked this web-site. More than likely I’m going to bookmark your website . You really have fabulous well written articles. Thanks a bunch for sharing your web page.

  6. There’s noticeably a bundle to find out about this. I assume you made sure good points in options also.

  7. You actually make it seem so easy with your presentation but I find this matter to be actually something which I think I would never understand. It seems too complex and extremely broad for me. I am looking forward for your next post, I will try to get the hang of it!

  8. Youre so cool! I dont suppose Ive learn anything like this before. So nice to search out any person with some authentic ideas on this subject. realy thank you for beginning this up. this website is something that’s needed on the net, somebody with a little originality. helpful job for bringing something new to the internet!

  9. After study just a few of the weblog posts in your website now, and I actually like your approach of blogging. I bookmarked it to my bookmark web site record and will likely be checking back soon. Pls check out my web site as properly and let me know what you think.

  10. I recently came across your website and happen to be perusing along. I thought I would leave my pretty to begin with comment. Nice blog. I will maintain visiting this blog page incredibly often. Thanks

  11. tidy site design whats theme please? email me

  12. I have been surfing online more than 3 hours today, yet I never found any interesting article like yours. It is pretty worth enough for me. In my opinion, if all website owners and bloggers made good content as you did, the internet will be much more useful than ever before.

  13. I was suggested this blog by my cousin. I’m not sure whether this post is written by him as nobody else know such detailed about my difficulty. You’re incredible! Thanks!

  14. I discovered your blog website on google and check a couple of of your early posts. Continue to keep up the superb operate. I just extra up your RSS feed to my MSN News Reader. Looking for forward to studying extra from you later on!…

  15. Attractive section of content. I just stumbled upon your blog and in accession capital to assert that I acquire actually enjoyed account your blog posts. Any way I’ll be subscribing to your augment and even I achievement you access consistently quickly.

  16. I do not even know how I ended up here, but I thought this post was great. I don’t know who you are but definitely you’re going to a famous blogger if you are not already 😉 Cheers!

  17. You are a very capable individual!

  18. I like this web site very much, Its a really nice billet to read and incur information.

  19. I conceive other website proprietors should take this internet site as an model, very clean and great user genial design . “He who lives without folly isn’t so wise as he thinks.” by Francois de La Rochefoucauld.

  20. adriano zampieri disse:

    sofro assedio moral do meu chefe ,nao reconhece meu trabalho nao tenho aumento de salario como saio dessa?

  21. adriano zampieri disse:

    adorei continue assim boa sorte.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: