"Não ande atrás de mim, talvez eu não saiba liderar. Não ande na minha frente, talvez eu não queira seguí-lo. Ande ao meu lado, para podermos caminhar juntos."

 Documentos mostram como a Igreja saiu à caça de feiticeiras em São Paulo no século XVIII

O Arquivo da Cúria Metropolitana de São Paulo é um tesouro histórico conhecido por poucos. Protegidos do pó em estantes de cedro, 9 000 processos cíveis e criminais permitem rara olhada na intimidade da vida cotidiana em São Paulo, sul de Minas e Paraná entre 1632 e 1856.

Em meio a 10 milhões de registros de batizados, aparece o de Maria Izabel de Alcântara Brasileira, em 24 de maio de 1831. Supõe o historiador Jair Mongelli, chefe do arquivo, que se trata da filha ilegítima de dom Pedro I e Domitila de Castro Canto e Melo, a marquesa de Santos. “O nome está grifado”, nota.

Há também processos de adultérios, concubinatos, sacrilégios, sodomia, sexo com animais e até mesmo de promessas de casamento não cumpridas. Preso em 1765, um certo Manoel Rodrigues Jordão justificou a dispensa de Joana Machado de Siqueira alegando que a moça não tinha dentes, dinheiro ou formosura. Um fiel da paróquia de Guarulhos, hoje município da Grande São Paulo, foi acusado de ter ouvido missa “vestido de mulher” em 1744. No decorrer do processo, descobriu-se que “o menor” Joaquim José não tivera a intenção de se passar por travesti. Tão pobre que não tinha o que vestir, ele improvisou com roupas de suas irmãs. Acabou absolvido

Páscoa era uma escrava paulistana que usava pedacinhos de unha, fios de cabelo e excrementos humanos para enfeitiçar e matar. Depois de fazer um pacto com o demônio, ela tornou-se uma espécie de serial killer do século XVIII, matando cinco pessoas.

Essa história fantástica consta dos autos da investigação sobre seus crimes, da qual a Justiça Eclesiástica de São Paulo se ocupou durante dez meses. Finalmente, em 30 de julho de 1750, o juiz assinou a sentença: o caso deveria ser encaminhado à Inquisição, em Portugal. O destino de Páscoa nas mãos do Santo Ofício, que costumava condenar bruxas à morte na fogueira, ainda é um mistério. Processos recém-redescobertos nos arquivos da arquidiocese mostram que entre 1749 e 1771 nove mulheres (Páscoa entre elas) e quatro homens foram acusados de feitiçaria em São Paulo.

Salvos de um incêndio e esquecidos por décadas dentro de um baú de metal, esses documentos inéditos revelam episódios sombrios e pouco estudados da História nacional: a caça às bruxas conduzida pela Igreja Católica há mais de 200 anos.

“Trata-se de uma descoberta revolucionária”, diz a historiadora Mary Del Priore, professora de história do Brasil colonial na Universidade de São Paulo, USP. “Essa documentação serve para iluminar um território que ainda continua nas sombras.”

Os treze processos por feitiçaria, manuscritos em delicada fibra de pano e carcomidos pelo tempo, mostram como as autoridades eclesiásticas brasileiras seguiam à risca a cartilha da Inquisição portuguesa. Do século XVI ao XVIII, o Tribunal do Santo Ofício puniu com severidade qualquer suspeita de desvio em relação à doutrina católica, incluindo aí a magia. Nunca chegou a se estabelecer na colônia brasileira e seus enviados especiais – os Visitadores – só estiveram nas capitanias prósperas como Bahia, Pernambuco e Grão-Pará.

Em São Paulo, na época um pobre aglomerado de sessenta ruas contornadas pelo Rio Tamanduateí e seu afluente, o Anhangabaú, a caça às bruxas ficou por conta do clero local. Num processo aberto em 1767, Isabel Pedrosa de Alvarenga, moradora de Santo Amaro, foi acusada por um dos espiões da Igreja (chamados de “familiares do Santo Ofício”) de dispor de um saco de coisas abomináveis para exercer atividades diabólicas. Umbigos de crianças, bicos de pássaros, cabelos e panos ensopados em sangue eram o tesouro desta mulher que vivia de esmolas e jamais admitiu ser uma bruxa. As acusadas eram normalmente pobres coitadas como Isabel, mais preocupadas com o sustento do dia-a-dia do que em prejudicar alguém.

Eram parteiras, lavadeiras de mortos, benzedeiras, curandeiras e adivinhas – típicas profissões femininas da época. “O próprio saber feminino era visto como bruxaria”, diz a historiadora Eliana Rea Goldschmidt, do Centro de Estudos de Demografia Histórica da América Latina da Universidade de São Paulo. A primeira leitura dos documentos – de difícil compreensão devido ao português arcaico e à deterioração do papel – foi feita pela historiadora a pedido de VEJA.

As regras do Arcebispado da Bahia, editadas em 1707 numa tentativa pioneira de adequar as diretrizes católicas à colônia tropical, puniam os praticantes de magia com multas, excomunhão e degredo na África. A definição de magia era vaga e podia incluir qualquer acontecimento incomum. Em 1749, por exemplo, a Cúria paulista enviou a Portugal os autos de acusação contra Patrício Bicudo da Silva, colono de Santana de Parnaíba. O que tinha sido apurado contra ele era a estranheza de “trazer consigo cobras vivas nas mãos sem receber lesão alguma”. Num processo arquivado na Cúria, de 1771, Leonor de Siqueira e Moraes e sua filha, Ana Francisca, foram acusadas de usar “líquido menstrual” para transformar Manoel José Barreto, marido de Ana, num “pateta”.

O exílio no Brasil foi pena comum imposta às feiticeiras portuguesas. Isso encheu a colônia de benzedeiras e milagreiras. Apesar da quantidade de autos-de-fé em Lisboa, as cerimônias em que se queimavam hereges, a caça às bruxas foi mais branda em Portugal do que em outros países europeus, como a Alemanha. Todo o continente vivia assombrado por bruxarias.

A conclusão dos processos encontrados no Arquivo da Cúria Metropolitana de São Paulo pode estar nas montanhas de papel armazenadas na Torre do Tombo, que guarda os documentos coloniais em Lisboa. Ou em lugar nenhum. Se Páscoa ou outras bruxas paulistas arderam nas fogueiras é, por enquanto, uma pergunta sem resposta.

Sandra Boccia

Comentários em: "As Bruxas Paulistas" (28)

  1. NCosta disse:

    Olá boa tarde
     
    Tem novidades no bloguinho,
    Passe lá, lhe aguardo!
    Uma feliz terça feira com saúde
    E muita paz!
    Beijos,
     
    NC

  2. Great publish ! Thank you for, submitting in this little webpage guy! I’ll concept you a while. I didnt realise in which.

  3. Great publish ! Thanks for, publishing on my small web site man! I am going to information a person a little while. I did not realise that.

  4. This kind of post has been very properly written, and it likewise includes many beneficial facts. We appreciated your expert way with words this submit. You cash in on that quite simple will realize.

  5. Thank you for investing in this probability to focus on this particular, I am strongly about this and that i take pleasure in learning about this kind of subject. Whenever possible, since you obtain information, please enhance this weblog together with brand new information. My partner and i have discovered that extremely useful.

  6. Your internet site continues to be talked about within my discussion board like a recommended reading. I’m glad My partner and i passed by to find out that.

  7. This can be a fantastic website. Good refined user interface and intensely informative posts. I am coming back in a little bit, just excellent weblog.

  8. Very nice post. I just stumbled upon your weblog and wished to say that I have truly enjoyed surfing around your weblog posts. After all I’ll be subscribing for your feed and I’m hoping you write again soon!

  9. Awesome submit ! Thank you for, publishing on my webpage gentleman! I’ll concept an individual a little while. I didnt understand that.

  10. This is the excellent web site. Good finished user interface and intensely informative content articles. We’re coming back inside a bit, thanks for the fantastic blog.

  11. Your website continues to be mentioned in my forum being a suggested studying. I’m glad I passed by to discover this.

  12. Very nice submit. I just came across your own blog site as well as desired to state that I’ve really loved searching your own weblog content. In the long run I’ll become enrolling for your nurture as well as I’m wanting you are writing yet again swiftly!

  13. I just want to tell you that I am just beginner to weblog and seriously enjoyed your web site. Almost certainly I’m planning to bookmark your blog . You absolutely come with fabulous articles. Bless you for sharing your website page.

  14. I just want to tell you that I am all new to blogging and definitely savored you’re web site. Almost certainly I’m planning to bookmark your blog . You amazingly come with impressive posts. Kudos for sharing with us your blog site.

  15. After I originally commented I clicked the -Notify me when new comments are added- checkbox and now every time a comment is added I get four emails with the identical comment. Is there any manner you may remove me from that service? Thanks!

  16. Please let me know if youre looking for a writer for your website. You have some definitely very good articles and I think I would be a good asset.

  17. You made some clear points there. I looked on the internet for the subject matter and found most persons will agree with your website.

  18. Spot on with this write-up, I really suppose this website wants much more consideration. I’ll most likely be once more to learn way more, thanks for that info.

  19. thankx for the auspicious writeup. It in fact was a amusement account it. Look advanced to more added agreeable from you! Sorry if my english is not too ok as i am french and i am still learning.

  20. That is the precise weblog for anyone who wants to seek out out about this topic. You notice a lot its virtually arduous to argue with you (not that I really would want…HaHa). You definitely put a new spin on a topic thats been written about for years. Great stuff, simply great!

  21. I simply wanted to construct a brief word to appreciate you for all of the awesome tips and hints you are writing on this website. My extensive internet search has finally been rewarded with beneficial insight to write about with my good friends. I would assert that many of us visitors are definitely fortunate to be in a fabulous network with so many special people with interesting secrets. I feel rather lucky to have used your website and look forward to some more brilliant minutes reading here. Thank you once again for all the details.

  22. Magnificent goods from you, man. I have understand your stuff previous to and you are just too excellent. I really like what you’ve acquired here, certainly like what you are saying and the way in which you say it. You make it entertaining and you still care for to keep it wise. I cant wait to read much more from you. This is actually a tremendous site.

  23. An impressive post, I simply given this onto a colleague who was doing a little bit work on this. And he in truth bought me dinner because I found it for him.. smile. So let me reword that: Thnx for the deal with! But yeah Thnkx for spending the time to discuss this, I feel strongly about it and love studying more on this topic. If doable, as you turn out to be experience, would you thoughts updating your weblog with extra particulars? It is highly helpful for me. Large thumb up for this blog put up!

  24. great points altogether, you simply gained a brand new reader. What would you recommend in regards to your post that you made a few days ago? Any positive?

  25. Make sure you notify me that youre heading to help keep this up! Its so really superior and so important. I cant wait to go through far a lot more from you. I just feel like you know so extremely a lot and know ways to make individuals listen to what youve got to say. This weblog is just at the same time awesome to be missed. Fantastic factors, truly. Make sure you, Make sure you continue to keep it up!

  26. I’d perpetually want to be update on new articles on this site, saved to my bookmarks ! .

  27. I got what you intend, regards for posting .Woh I am lucky to find this website through google. “Finley is going over to get a new piece of bat.” by Jerry Coleman.

  28. Wow! This could be one particular of the most useful blogs We have ever arrive across on this subject. Actually Wonderful. I am also an expert in this topic so I can understand your effort.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: